17 de junho de 2011

Urbanização: processo vinculado ao Capitalismo e à Industrialização

Urbanização é o aumento da população urbana em relação à população rural. De acordo com esse conceito, um país só é considerado urbanizado se mais da metade da sua população for urbana.
A maior parte dos países na atualidade são urbanizados, mas nem sempre foi assim. Durante a Idade Média (dos séculos V ao XV) os países vivenciaram o Feudalismo, onde a maior parte da população vivia no campo. Com o fim do Feudalismo e o início do Capitalismo – sistema econômico que passou a valorizar a cidade gerando o êxodo rural – os centros urbanos começaram a crescer. São tipos de crescimento urbano: horizontal (aumento do número de casas, fazendo com que as cidades cresçam ao longo do horizonte); vertical (aumento do número de edifícios).
O primeiro país a se tornar urbanizado foi a Inglaterra, na metade do século XIX. Já os países subdesenvolvidos começaram a se urbanizar após a Segunda Guerra Mundial. A rapidez de concretização desse processo juntamente com um grande contingente populacional e a deficiência na infra estrutura geraram graves problemas, como o desemprego, sub emprego, a formação de favelas, dentre outros. Todavia, não se pode negar que a urbanização também trouxe o desenvolvimento, principalmente econômico, dos países.
Emirados Árabes - exemplo de verticalização

4 comentários:

  1. muito legal isso!!! é interesante saber que a geografia esta presente em tudo e nunca percebemos!! estao de parabens!!! bjosss

    ResponderExcluir